Navigation

A corrida da próxima geração. [Artigo]

A grande batalha dos consoles da próxima geração
Desde as primeiras especulações da nova geração de consoles, Sony e Microsoft começaram uma grande batalha para decidir qual seria a melhor plataforma da nova geração de consoles.
A Nintendo, mais quieta, foi a primeira a lançar o console (Wii U) supostamente da nova geração, no dia 18 de novembro de 2012, que veio a ser bastante questionado por não apresentar um hardware potente para ser considerado da Next Gen. Com o anúncio das configurações do PS4, que a Sony estrategicamente, apresentou antes das configurações do Xbox One, aumentaram ainda mais as criticas ao Wii U, pois as configurações do PS4 e Xbox One são bastante superiores às configurações do console Next Gen da Nintendo. Mas fica a pergunta: para ser considerado da nova geração, é necessário realmente hardwares super potentes?
Para a Nintendo, o principal de um jogo é a jogabilidade e que os gráficos devem ficar em segundo plano. A característica mais marcante do Wii U é seu joystick, que é baseado em um tablet, com tela touch screen de 6,2 polegadas e resolução de 480p, promete uma jogabilidade bem diferenciada utilizando duas telas (GamePad e TV) algo parecido com o que vemos no Nintendo Ds e 3Ds . O GamePad conta ainda com a função giroscópio e acelerômetro, tecnologia também encontrado em dispositivos mobiles, que possibilita uma interação com a movimentação do controle com o jogo. Toda essa inovação na jogabilidade é que a Nintendo apostou para a nova geração, tudo isso em alta definição, algo que não existia no seu antecessor Wii. O Wii U também contará com leitor de disco Blue Ray.
Mostrando apenas o controle e uma gameplay de Watch Dogs, a Sony foi a segunda empresa a anunciar seu console da próxima geração na PlayStation Meeting 2013 no dia 20/02/2013. Com gráficos super bonitos e detalhados, uma jogabilidade bem diferente, Watch Dogs veio mostrar toda a potencia do Playstation 4, muitos até falaram que a gameplay foi gravada em um PC.

No evento o presidente e diretor executivo da Sony Computer Entertainment Inc., Andrew House,afirmou que o Playstation 4 "Será a plataforma de jogos mais poderosa que já existiu” 


O controle do Ps4 (Dualshock 4), foi outro destaque na conferencia, além de ser a única parte do console mostrada no evento, ele teve algumas modificações em relação ao seu antecessor com a adição de um “Touch Pad” tecnologia parecida com o que vemos em notebooks.

Outras grandes novidades que o PS4 trará, é a possibilidade de poder jogar um determinado jogo antes que o download do jogo termine e a possibilidade de compartilha suas experiências com o mundo publicando sua jogatina na web ou até mesmo disponibilizando tudo em tempo real e ao vivo.
Somente na E3 2013, a Sony apresentou ao público seu novo console e trouxeram mais novidades, como uma lista com mais de 40 jogos já em fase de produção e informações detalhadas sobre o hardware, mas o acontecimento mais marcante da conferência da Sony, utilizado como estratégia de marketing, foi o anuncio de que o PS4 rodará jogos usados e que não iria precisar de conexão com a internet para jogar no PS4, ao contrario do que foi apresentou pela Microsoft.

Com configurações bem parecidas com a do PS4, a Microsoft foi a última a apresenta o seu console da próxima geração (Xbox One) no dia 21/05/2013, junto com o novo Kinect e leitor de Blue Ray.
A Microsoft apresentou seu novo console em sua sede, em Redmond, nos Estados Unidos. O Xbox One tem significado de “tudo em um”, que é o que a Microsoft deseja fazer com o console, torna-lo uma central de entretenimento, expandindo-o para além de jogos e trazer filmes e series ao console.

A falta de um jogo na apresentação, o anuncio de bloqueio a jogos usados e a necessidade de conexão pelo menos uma vez a cada 24 horas, pesaram negativamente para o novo console da empresa, recebendo uma enxurrada de criticas, tanto dos consumidores, como da mídia especializada.

Depois de muitas criticas, piadas e de uma grande falta de aceitação do console pelos consumidores, fato que poderia determinar o fracasso do console, a Microsoft voltou atrás e decidiu liberar os jogos usados e a jogatina offline, trazendo assim o Xbox One novamente para a briga contra o PS4. Você pode saber mais sobre a mudança de postura da Microsoft clicando Aqui!

O novo kinect trouxe a possibilidade de interagir com a tv através de comando de voz, que permitirá a troca de canais, além de reconhecer a voz do jogador possibilitando-o logar em seu perfil da live apenas com a voz do usuário. O kinect foi criticado em alguns países por invadir a privacidade dos usuários, pois o acessório pode gravar e enviar imagens para o servidor da empresa. A Microsoft gastou alguns bilhões para tornar alguns jogos exclusivos para o Xbox One, que vieram a ser apresentados na E3 2013.

Podemos dizer que todos os consoles tem suas vantagens, o Playstation 4 com seu potencial e seus ótimos exclusivos, o Xbox One com sua multifuncionalidade e potencial e o Wii U com os eternos clássicos da Nintendo que arrasta uma legião de fãs por todo mundo.

Podemos concluir que vale apena adquirir qualquer um dos consoles da próxima geração, pois independente da marca o que vale é a diversão, até mesmo por que, normalmente, com exceção dos exclusivos, os jogos são lançados para todas as plataformas, sem descartar os PC’s que para muitos já está na Next Gen há um bom tempo.

Para você quem vencerá essa guerra?

Fontes: Wikipedia, Tecmundo, G1, G1 Tecnologias

Share
Banner

Tiago Ferreira

Post A Comment:

0 comments: