Navigation

Xbox One não bloqueará jogos usados, confirma Microsoft

Empresa voltou atrás e liberou trocas e empréstimos de games no console. Mudança ocorreu porque PS4 não tem bloqueio contra jogos usados.
Após muita repercussão negativa e muitos pedidos dos fãs dos consoles da Microsoft, a empresa voltou atrás e o Xbox One, seu videogame da próxima geração, não terá mais bloqueio para jogos usados. A empresa também abandonou a política que obrigava o aparelho a se conectar pelo menos uma vez na internet para realizar uma checagem on-line a cada 24 horas.
A anuncio do fim da política, que a empresa tinha adotado para o Xbox One, veio através de um comunicado no site do Xbox, onde confirmou que voltará atrás na decisão (clique aqui para acessar). "O retorno de vocês é muito importante", disse Don Matrick, presidente de negócios de entretenimento interativo da Microsoft. "Vocês nos mostraram como é importante para os gamers ter flexibilidade com os jogos em disco. A oportunidade de emprestar, trocar e vender estes jogos é de extrema importância para vocês. Também é importante a liberdade para se jogar games off-line por quanto tempo quiserem".

Ele também anunciou que não haverá travas regionais nos games do Xbox One. Desse modo, jogos comprados na Europa podem funcionar em um console norte-americano e vice-versa.

A medida teria sido tomada por conta de que o concorrente PlayStation 4 não terá nenhuma restrição para games usados ou emprestados, e o videogame funcionará sem a necessidade de ter conexão com a internet. Além disso, as restrições da Microsoft com o XOne, que bloqueariam troca e venda de games usados, desagradaram os gamers e, por isso, foram removidas.

O mesmo vale para games por download: após o download ser feito, não é necessário estar conectado na internet para jogá-los.

Havia uma preocupação de que, além do bloqueio, o fato de o PS4 ser US$ 100 mais barato do que o XOne (que custa US$ 500) teria seu lançamento e vendas prejudicados em novembro, previsão de lançamento dos dois consoles.

A conexão on-line do Xbox One será usada apenas uma vez para configurar o console quando ele é configurado pela primeira vez na casa do usuário. Os jogos, tanto digitais quanto em caixa, funcionarão como ocorre no Xbox 360 atualmente, sem a exigência de uma conexão com a internet, ou seja, totalmente off-line.

O Xbox One tem previsão de lançamento para novembro nos Estados Unidos e no Brasil. Lá fora, o videogame será vendido por US$ 500, e, no país, ele custará R$ 2,2 mil.

Veja as palavras do presidente de negócios de entretenimento interativo da Microsoft logo abaixo:

" Vocês nos mostraram como é importante ter flexibilidade com os jogos em disco. A oportunidade de emprestar, trocar e vender estes jogos é de extrema importância para vocês"
                                                           Don Matrick, presidente de negócios de entretenimento interativo da Microsoft

Fonte: G1
Share
Banner

Tiago Ferreira

Post A Comment:

0 comments: