Navigation

The Evil Within - O mais novo game da Bethesda e do criador de Resident Evil [GAMEPLAY]

Gameplay The Evil Within
A semana da E3 (a maior feira de games do mundo) está trazendo belas e gratas surpresas. Entre elas está um gameplay do mais novo jogo da aclamada Bethesda em parceria com o criador da série Resident Evil, Shinji Mikami. O jogo se chama The Evil Within e coloca o jogador Na pele do detetive Sebastian, onde é chamado para atender uma ocorrência em um hospital. Logo que desce do carro e o jogador pode controlar o personagem, percebe-se que o game tem um ritmo mais lento, permitindo sentir o clima de tensão e de terror. Quando o detetive entra no hospital, ele se depara com muitos policiais mortos e com seus corpos ensanguentados.

Lembranças de jogos como o próprio "Resident Evil", com portas das salas trancadas, e de "Silent Hill", com uma névoa e uma música perturbadora, aparecem logo nos primeiros instantes de "The Evil Within". Talvez por isso que o game tenha problemas em apresentar uma personalidade própria.

Logo que chega na sala de segurança do hospital e vê as imagens das câmeras de vídeo, ele vê uma criatura bizarra atacar mais policiais. Esta criatura então olha para a câmera e, em um piscar de olhos, está atrás do detetive, que é nocauteado. Ele acorda pendurado de cabeça para baixo, como se fosse um pedaço de carne em um açougue. Outros corpos estão ao seu lado e um ser que lembra o Pyramid Head de "Silent Hill" aparece ao fundo cortando um homem ao meio e levando o pedaço para uma mesa.

O jogador observa toda a cena de cabeça para baixo, um dos momentos mais interessantes da demonstração. Ele deve conseguir se soltar rapidamente, antes que o monstro retorne. A música e a sensação de não ter muito o que fazer para se salvar dão o tom assustador da cena. Ao escapar, o monstro persegue Sebastian, que deve andar por corredores estreitos e com obstáculos, além de abrir portas, para escapar do monstro. Um momento em particular mostra uma sala repleta de lâminas que tentam acertar o jogador, que consegue escapar na hora.

Em um determinado momento, o detetive deve andar agachado e evitar ser visto pelo monstro que quer a todo custo captura-lo. Para isso vale até esconder-se dentro de armários e espiar por pequenas janelas e nos cantos de corredores para evitar o caminho da criatura, que, por conta da perseguição implacável, lembra Nemesis de "Resident Evil 3".

Ao conseguir sair do hospital, Sebastian enxerga o que aconteceu com o mundo lá fora: tudo foi destruído e não há para onde ir. Até então, contudo, não se sabe se isso é a realidade ou algo que acontece na mente do detetive.

Fiquem com o gameplay


fonte: M/G1
Gamevicio
Share
Banner

Tiago Ferreira

Post A Comment:

0 comments: