Navigation

Resident Evil 1 O começo de uma inesquecível série


A série teve seu início em 1996, lançada pela CAPCOM para playstation e no ano seguinte seria lançado para PC e Sega Saturn. O jogo é um dos pioneiros do genero "Survival Horror" e obteve 33 milhões de copias vendidas.
A história se passa na noite de 24 de julho de 1998, onde nas Montanhas Arklay, houve uma série de assassinatos com índices de crueldade e canibalismo. Para o local foi enviado a equipe S.T.A.R.S. (Special Tatics And Rescue Squad - Esquadrão de Táticas Especiais e Resgate em português) da  cidade de Raccoon.
A equipe perde contato com a sua base e são atacados por terrivéis monstros e assim perdendo um de seus companheiros, Joseph Frost, e após a morte de seu companheiro a equipe se desloca para uma mansão que eles avistaram. É nessa mansão que, praticamento, ocorre toda a trama do jogo onde futuramente descobrirão que um de seus companheiros trabalhava para a empresa que começou toda a infecção que transformaria toda a população daquela cidade em zumbis e monstros terrivéis.
Para a grande maioria dos fãs da série, Resident Evil 1 é o melhor da franquia mesmo depois de vários sucessores.


Mansão
                                                                                    


PERSONAGENS 

Chris e Jill
Chris Redfield - Um dos protagonistas (Jogável)
Jill Valentine - Uma das protagonistas (Jogével)
Barry Burton - Coadjuvante, Ajuda a Jill (Não Jogável)
Rebecca Chambers - Coadjuvante, Ajuda o Chris (Jogável)                      
Albert Wesker - Vilão principal (Não Jogável)
Joseph Frost - Coadjuvante (Morre na introdução do jogo)
Enrico Marini - Coadjuvante (Morre envenenado após ser mordido por uma cobra gigante)








Primeira parte da Mansão
Zumbi devorando menbro da S.T.A.R.S
Equipe S.T.A.R.S
Jill dentro da mansão no remake
Chris detonando um zumbi
Logo da empresa que causou toda a infecção
                                                                                                                                                                                          
ARMAS

Knife (Faca)

                                                        


Beretta


    


Shotgun

    


Bazooka

   


Colt Phyton

    


Flamethrowner

   


Rocket Launcher

  

MAC11 Minimi

  





  
Fonte de Ajuda na parte das armas: http://www.residentevil.com.br/residentevil/armas.php
 

         






                                          



Share
Banner

Tiago Ferreira

Post A Comment:

1 comments:

  1. Resident Evil 1 ou simplesmente Resident Evil.
    Na minha humilde opinião, O MAIOR GAME DE TODOS OS TEMPOS.
    Confesso que muita coisa marcou na minha vida nesse jogo. Impossível eu listar tudo aqui, mas vou tentar resumir algumas coisas que na época não existiam e me fizeram fã número um desse game:
    - O filme inicial (que hoje todo mundo acha tosco) pra mim foi demais! Sensação de que era um filme mesmo, e quando o jogo começava era a continuação do filme.
    - O primeiro zumbi: Rapaz aquela cena marcou pra todos que jogaram, o cara que diz que não ficou desesperado vendo aquilo eh mentiroso! Duvido que vc não trancou quando o zumbi te agarrou e vc tava só com a faquinha jogando com o Chris! Duvido!
    - Os gráficos (sim os gráficos) super detalhados pra época, desenhos nas paredes, móveis (alguns que vc podia empurrar), tudo foi meio que "chupinhado" do jogo antigão Sweet Home, porém com riqueza muito maior de detalhes,e um mapa gigantesco, no começo qualquer um ficava perdido na enorme mansão!
    - O mapa: ajudava muito. Assim como os gráficos, a idéia não era nova (com certeza foi chupinhado de Super Metroid - outro que considero um dos maiores games) mas foi uma ótima sacada do criador de RE, Shinji Mikami. Afinal tá certo! Tudo que eh bom deve ser copiado!
    - Trilha sonora: sem comentários, músicas sinistras davam o ar tenebroso do jogo, e na hora dos sustos (por exemplo o primeiro cachorro pulando quebrando a janela) aquilo era pavoroso, e muito nêgo dava pause pra se recuperar do sustão!
    - Estratégia: Pra mim foi o que marcou não só este mas os 3 primeiros jogos da série. Pra vc salvar RE você tinha que pensar em tudo. Qual chave usa pra abrir qual porta? Como desvendar essa senha? Qual segredo desse puzzle? Quais inimigos eu não atiro pra economizar munição? Como matar tal mestre? Onde encontrar tal item pra fazer tal coisa? O que eu tiro do baú e levo comigo? Pra onde eu vou agora? O que eu combino pra virar o item que eu preciso?
    Eh amigo, Resident Evil não era pra qualquer um! Tinha que usar a cabeça, não era ficar dando tiro pra todo lado andando pra frente (infelizmente após o 4 fizeram isso).. e pra mim a magia desse jogo tava aí! Inclusive sobre o que alguns comentam "quando atira não anda" isso era demais! Isso que dava mais tensão ao jogo. Além da câmera que pra mim era muito melhor que RE4 "por cima do ombro".. na boa, esse game foi muito foda! E a sensação de estar com a 12 e meter tiro na cabeça de zumbi? Poucas sensações são tão da hora quanto ver cabeça de zumbi explodindo depois de um tiro de 12!!! Muita treta meu!
    RE foi definitivamente um jogo perfeito em sua época. Se Alone in the Dark foi o "pai" do Survival Horror, com certeza Resident Evil foi quem colocou esse gênero em evidência no mundo!

    _X_

    ResponderExcluir