Navigation

Garoto de 11 anos é supostamente morto por integrantes da comunidade de DOTA 2

Menino é assassinado por membros de comunidade de Dota 2 nas Filipinas

Um menino de 11 anos foi morto nas Filipinas e as autoridades alegam que o motivo foi vingança por conta de uma conta do jogo ter sido hackeada através de uso de trojans para invadir contas no DOTA 2.
De acordo com a agência de notícias filipina ABS-CBN, um menino de 16 anos supostamente matou um garoto de 11 anos de idade por ter invadido contas no jogo DOTA 2 pelo uso de trojans em Malolos, Bulacan, nas Filipinas com a ajuda de alguns integrantes da comunidade filipina do jogo em seus fóruns oficiais, que ajudaram a identificar endereço do menino.

Durante a entrevista realizada pela ABS-CBN, a mãe do menino disse que seu filho estava irreconhecível após o esfaqueamento que ocorreu.



De acordo com as investigações da família e da polícia, a vítima foi levada para um canteiro de obras, onde foi espancado pelo suspeito. Sua cabeça teria sido batida nas paredes repetidamente antes de ser esfaqueada mais de 40 vezes.
O Inspetor Almer Estaquio da Polícia Nacional das Filipinas emitiu um comunicado para a agência de notícias ABS-CBN para que repassassem a informação descrita.

O suspeito foi acusado de assassinato. No entanto, o caso está em espera devido aos tribunais que estão decidindo o que farão com o suspeito devido a sua menor idade.


Conforme a notícia, alguns filipinos levaram a notícia para vários sites de redes sociais para partilhar as suas opiniões sobre o incidente. Alguns disseram que DOTA 2 deve ser banido do país.

Noticia na integra:



John Eric Arcilla Garcia postou a seguinte opinião na página da ABS-CBN no Facebook (traduzido):

"Dota deveria ser proibido aqui (nas Filipinas). Além de crianças ficando extremamente viciadas nisso e arruinando sua educação, (Dota) está fazendo com que eles matem uns aos outros por fidelidade ao jogo virtual"

Outro usuário, Ivelyn Tambong, também postou (traduzido):

"Eu gostaria que a distribuição (de Dota 2) fosse interrompida. É por causa do Dota que a educação dos alunos estão sendo negligenciadas"

No entanto, alguns usuários apontaram que não é culpa do Dota 2, mas a culpa dos pais por serem desatentos com as crianças.

Já parte dos demais comentários, relatam uma opinião diferente, como é o caso de Jan Raleiigh:

"Não culpe o jogo. Ele não é para as crianças! Deve-se culpar os pais por deixá-los jogar!"

Quem você acha que é o responsável? Os jogos estimularem a violência? Os pais que não olham o que o filho anda fazendo em rede? Problemas psicológicos com o assassino? Comente.

Informações adicionais foram removidas do site "sky news" para complementação da notícia.

Fonte: Traduzido do site Kdramastars
Share
Banner

Tiago Ferreira

Post A Comment:

0 comments: